Clássico é Clássico. O juiz da partida entre Corinthians e Santos, na tarde de hoje, sabia disso e antes da partida começar conversou muito com os dois capitães – Jadson e Ricardo Oliveira.

Depois, houve ainda 1 minuto de silêncio, com os jogadores intercalados, mostrando uma situação saudável entre os clubes, ainda que se trate de um clássico.

Mas, a grande novidade, antes mesmo de o jogo começar, estava no uniforme do Corinthians: acinzentado com faixas alaranjadas. Aqui no blog havíamos falado desse novo uniforme, você se lembra? Clique aqui.

Assim, o Timão começou a partida com a sua de zaga titular: Balbuena e Pablo.

A novidade estava na lateral esquerda – com Guilherme Arana machucado e Moises sem boas atuações, o técnico Carille optou por escalar o jovem da base Marciel, que estava afastado por problemas de saúde.

Veja:  Vivendo sua Melhor Fase Profissional, Guilherme Arana recebe proposta do Bordeaux

O restante do time era o mesmo, já conhecido pela torcida: Cássio, Fágner, Gabriel, Rodriguinho, Maycon, Romero, Jadson, Jô.

O Jogo

O começo de jogo foi pegado para os dois lados e até os 15 minutos iniciais, Cássio já tinha feito uma defesa considerada muito difícil, em uma bola na área, que ele pegou no contrapé.

Pelo lado do Corinthians, Jadson teve uma boa oportunidade em uma falta muito próxima da grande área, que ele chutou por cima.

Depois, o time da Vila Belmiro atacou muito mais: sendo que Cássio foi o nome da primeira etapa, com mais uma defesa muito difícil, em um chute a queima roupa de Ricardo Oliveira.

Veja:  Time Titular do Corinthians custou 50% do valor do Borja ao Palmeiras

Além disso, o juiz não economizou nos cartões de crédito.

Do lado do Corinthians, Gabriel, Marciel e Romero foram punidos.

Na segunda, o Timão começou melhor e logo antes dos 10 minutos teve 2 grandes boas chances de abrir o placar, mas o goleiro adversário se saiu bem.

Mas, aos 11 minutos, Lucas Lima, em um contra-ataque, foi quem abriu o placar para o Santos.

Já nos últimos minutos de jogo, quando o juiz já havia dado os acréscimos, em outro contra ataque, Ricardo Oliveira ampliou o placar.

Entre os dois gols, o Corinthians pecou em todos os sentidos – não conseguiu armar as jogadas, não conseguiu finalizar bem e não conseguiu por a bola no chão, como os torcedores estavam acostumados a ver.

Veja:  Corinthians sai perdendo, mas empata em Clássico contra o São Paulo

Se tem um lado bom nessa rodada é que o Grêmio também perdeu, ontem, contra o Vasco e a diferença de pontos continua sendo de 7 pontos à 15 rodadas do fim do campeonato.

Da Redação

Vamos Fiel, deixe sua opinião abaixo e nos ajude a melhorar, COMENTE!

Loucos do Bando comentaram!