“Com certeza dá para dizer eu permaneço. Ano que vem, se nossa equipe fizer tudo certo, vamos disputar a Libertadores. Espero ficar e conquistar esse título que ainda não tenho na carreira”, disse o jogador que tem Contrato até 2018, mas havia sido procurado por outros clubes.

Tudo isso veio à tona após o meia-atacante confirmar que já possui vários títulos na carreira (Campeonato Brasileiro, Copa da Uefa, Sul-Americana), mas ainda não conseguiu levar a Taça da Libertadores da América. Aos 33 anos, ele ainda sonha com esse título.

Ao contrário do que aconteceu em 2015, quando Jadson deixou o Timão após o título brasileiro para ir jogar na China, dessa vez ele diz que não há conversas.

Veja:  Corinthians e Grêmio investem em Jovens Talentos para Montar Bons Elencos

A se lembrar que o Corinthians é líder do Brasileirão, com 50 pontos, porém ainda não está garantido na competição continental. Na opinião dos especialistas do futebol, “no entanto, dificilmente não jogará a competição no próximo ano”.

“O campeonato é longo, tem muitas rodadas pela frente. Nossa equipe conseguiu ter um bom desempenho no primeiro turno, mas não tem nada ganho ainda. Nossa equipe tem que saber lidar com essa vantagem que construímos”, ele disse.

Jadson disso isso ao se lembrar que em 2004, o Timão deixou escapar a chance no fim, praticamente na penúltima rodada, contra o Atlético Paranaense.

Sobre o Futuro do Campeonato Brasileiro

“A gente saiba que uma hora as derrotas chegariam. Lógico que a gente não queria perder esses jogos em casa. Todas as equipes estão confiantes, até por isso temos que seguir concentrados e com os pés no chão. Todos os times vão querer tirar pontos da gente”, garantiu.

Veja:  7 Verdades (ou não) sobre a Queda do Corinthians

O próximo jogo do Corinthians é no dia 10, na Vila Belmiro, contra o Santos. Para Jadson, o rival vai sair jogando na ofensiva, já que precisa da vitória.

“Vai ser um jogo muito difícil, jogar na Vila não é fácil. O santos vem na terceira colocação e um resultado positivo vai nos ajudar muito. Acredito que vai ser uma partida mais aberta do que essa contra o Atlético de Goiás”, analisa o camisa 10.

Por Timão Notícias

Vamos Fiel, deixe sua opinião abaixo e nos ajude a melhorar, COMENTE!

Loucos do Bando comentaram!